• templuz
  • um-triplex-muito-luxo
  • dica-loucas-aparentes
  • hotel-do-filme-ex-machina
28 aug

Entrada e Bilheteria da Casa Cor MG: ​Razão e Sensibilidade

Projetos

Eu acho que existem alguns projetos que são explícitos, outros mais sutis e é justamente na tal sutileza que se traduz a genialidade de quem projetou. É assim com a Entrada e Bilheteria da Casa Cor MG lindamente iluminadas pela TEMPLUZ.

Assinadas por Thales Lucchesi, Ana Paula Pereira e Marcelo Martins, que puseram no bolso os quase 600 inscritos e levaram o prêmio Archathon e a oportunidade de assinar os ambientes, a Entrada e a Bilheteria do evento possuem o frescor dos jovens talentos. Trafegando com honra e louvor pelo caminho delicado das diretrizes e das condicionantes de se projetar num edifício tombado, ao preservar as cicatrizes históricas do edifício e até mesmo enaltecê-las (ponto para a iluminação da Templuz!), os ambientes assinados pelo trio valorizam o patrimônio arquitetônico e a identidade cultural do casarão.

Sem deixar de lado a funcionalidade, princípio e fim dos ambientes propostos, Thales, Ana Paula e Marcelo apostaram na nudez arquitetônica do mobiliário leve em estrutura metálica e espelhos que se mimetiza ao ambiente sem deixar de definir espaços de fluxo e permanência. Arrematando o conjunto, o projeto moderno de iluminação executado pela Templuz faz o contraponto interessante com a construção antiga do casarão.

Fotos: Gustavo Xavier

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM