• casa-cor-mg
  • templuz
  • voce-sabe-o-que-e-calha-umida-na-cozinha
  • pilea-a-planta-do-momento
  • desafio-projetar-o-proprio-ape
25 aug

​O Papel do Projeto Luminotécnico

Interiores
o-papel-do-projeto-luminotécnico
O projeto luminotécnico da A. De Arte realça texturas e detalhes do ambiente.

Iluminar, emocionar, realçar, sinalizar, surpreender e economizar; são muitos os papeis da luz que vão além da estética. E na Cozinha de Quintal da Casa Cor MG, o projeto luminotécnico feito pela A. DE ARTE foi assim: completo.

Para fazer jus à inspiração de Ana Paula Massote Rohlfs (as cozinhas mineiras de fazenda do início do Séc.20), a A. DE ARTE debruçou-se sobre a empreitada meses antes, afinal a iluminação teria que arrematar o conjunto primoroso criado pela arquiteta que incluía iluminação do pé direito alto, pisos e tetos de madeira originais, árvores frutíferas em vasos, horta orgânica, obras de arte, móveis de design, galeria de fotos, "fogão à lenha" revisitado e o destaque do ambiente: um painel de 11 m com 25 chapas de sucatas (aço carbono, lixo de uma empresa) para o qual foi necessária a instalação de 5 vigas metálicas para suportar o peso de 2.500 Kg.

A A. DE ARTE teria até que criar e desenvolver uma peça sob medida para o espaço! É que além de projetar a luz para todo o ambiente e ainda fazer luz pontual para valorizar texturas e detalhes, conferir clima acolhedor e realçar as poucas cores que sobressairiam entre cinzas, cobres a amadeirados, teria também que dar forma à ideia da profissional; duas grandes luas (ou sóis, se quiser, hehe)! Assim, a empresa e a arquiteta criaram em conjunto duas luminárias de pés e lona estendida, com três metros de altura e 1,5 m de diâmetro como dois grandes ombrelones iluminados que dominam o espaço.

Fotos: Jomar Bragança

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM