• noel-marinho-mural-releitura-modernista
  • apartamento-masculino; apartamento-pequeno; apartamento-charmoso; apartamento-funcional; soluções-decor
  • quarto-feminino; quarto-aconchegante; reforma-de-quarto; quarto-suave
  • apê-jovem; marcenaria-sob-medida, design-orgânico; botti-arquitetura; paleta-suave
09 abr

Casa de Vidro, Glass House, Casa de Aço

Projetos | Interiores Compartilhe no Whatsapp

"Plantada" em Brumadinho, MG, numa área de reserva natural, tombada, cheia de rios e cachoeiras, essa casa rodou o mundo. Projeto de Ângela Roldão, mais que uma obra, a Casa de Vidro, como foi batizada, foi a concretização do sonho do cliente que morou fora do Brasil e trabalhou a vida inteira no ramo de ferro e aço.

Toda feita em aço, concreto e vidro, situada em um condomínio fechado no distrito de Casa Branca, vizinho ao Inhotim, muito próximo a Belo Horizonte, a casa fica na região que faz parte do Parque do Rola Moça. O pedido do cliente, que adotou um estilo de vida minimalista, que ama a natureza e é músico nas horas vagas (adora tocar bateria), foi que a arquiteta inserisse a construção neste cenário, sem competir com ele. Assim surgiu a Casa de Vidro, ou Glass House, ou Casa de Aço; uma casa que se apropria da mata no entorno e parece flutuar. "A sensação de flutuar é justamente por a casa estar suspensa e porque seus cantos não têm limites. Nas quinas não há pilares e o vidro encontra com o próprio vidro; sutilezas da Engenharia engendradas por nosso time afinado, que conhece a fundo o ofício, e que permitiu também grandes vãos em balanço", conta Ângela Roldão.

ESTRUTURA METÁLICA PARA DAR PROTAGONISMO À NATUREZA

Sua planta enxuta dá uma impressão de uma construção muito maior do que realmente é. Interessante também é saber que a etapa mais demorada de todo o processo foi a sua implantação, para se poupar o máximo possível das árvores e vegetação existentes. A construção em si foi rápida e feita com equipe reduzida; quase uma construção seca. A casa chegou praticamente pronta e foi encaixada no local. Para você ter uma ideia, a parte metálica foi produzida em 25 dias e toda a sua estrutura, com ajuda de um munck, foi montada em apenas quatro dias. Foram 18 toneladas de aço, uma casa leve para os padrões tradicionais, e contaram a seu favor a rapidez na construção, a limpeza da obra e o custo programado definido. A geração de energia elétrica da Casa de Vidro é 100 % sustentável, feita através de placas fotovoltaicas. A planta da casa é composta por dois módulos de 6 x 12m (tamanho máximo da barra de aço), um módulo de 3 x 12m, mais a varanda, de maneira a não desperdiçar material, já que o aço é vendido por quilo.

VEJA OUTRA CASA INCRÍVEL EM: CADA UM NO SEU QUADRADO

Resumindo, essa construção que bateu asas e ganhou o mundo é uma construção simples, feita de estrutura metálica, esquadrias de alumínio, vidros, fechamentos em concreto aparente, piso de tecnocimento e porcelanato nos banheiros. E é justamente em sua simplicidade que reside toda a sua genialidade, responsável por esse voo mundial, pois, como diria o Mestre Leonardo da Vinci: "A simplicidade é o mais alto grau da sofisticação".

VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM DESSE APÊ PREMIADO DA ARQUITETA ÂNGELA ROLDÃO

Fotos: Jomar Bragança

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM