• amplio-moveis
  • templuz
  • casa-e-tintas
  • casa-cor, casa-cor-miami, decoração, ambientes
23 nov

Apartamento Cumarú

Projetos | Interiores
apartamento-cumaru, apartamento, diego-revollo
O piso em cumarú, original do apartamento, foi preservado e norteou a paleta de cores do projeto. Para ver mais projetos deste profissional, clique AQUI.

Pode o Cumarú, árvore nativa do Brasil, dar nome a um apartamento contemporâneo? Pode; quando este apartamento é feito por um arquiteto "antenado" que não só preservou o piso do imóvel como também desenhou todo um conceito para "conversar" com ele.

Estou falando de Diego Revollo, cujo trabalho tenho acompanhado ao longo do tempo e adoro. Revollo projetou para os clientes jovens, um casal com uma filha, um interior cosmopolita, descomplicado, e coerente com o entorno do imóvel em Alto dos Pinheiros, uma região residencial arborizada e tranquila de São Paulo.

A antiga planta compartimentada foi redesenhada cedendo ao apelo contemporâneo da integração e o living foi anexado à varanda ganhando amplitude e luminosidade natural sem que esta última perdesse seu conceito.

Demarcando os ambientes, o desnível existente entre os dois ambientes foi mantido, o piso foi revestido com material cerâmico similar ao concreto e a transição dos espaços foi evidenciada por um elegante pórtico metálico.

CONFIE NO SEU TACO, ELES SÃO LINDOS! CLIQUE AQUI.

PISO ORIGINAL, O FIO CONDUTOR

Segundo o arquiteto, o piso original foi a primeira etapa do projeto a ser resolvida: definitivamente ele seria mantido. Bingo! O assoalho em Cumarú lustrado, madeira nobre brasileira, que pincela de diversos tons de marrom todo o apê traz uma superfície quente aos ambientes; o que acabou determinando a paleta, onde a combinação entre os tons amadeirados e as cores eleitas (lindas!) não ofusca a presença da madeira.

Substituindo o antigo branco e trazendo a pegada contemporânea, a cor cinza se esparrama por toda a ala social e recebe bem os móveis que pontuam o espaço com doses generosas de cores fortes como o caramelo e o azul.

Aliás, a partir do azul do mobiliário, as outras partes do projeto decorativo tomaram a mesma vertente, haja vista a sobreposição dos tapetes (no living), dentre os outros objetos.

Para o mobiliário, escolhido em conjunto entre arquiteto e clientes, foram eleitas peças chave de designers brasileiros e internacionais para enfatizar as modulações de layout. Peças, estas, que receberam cores ousadas justamente para que saltassem aos olhos do espectador.

BIOFILIA, CONHEÇA ESTA NOVA TENDÊNCIA! CLIQUE AQUI.

BIOFILIA: VAMOS RELAXAR?

A varanda, embora faça parte do living, garante um mood à parte. Foi pensada como um refúgio dentro da casa, um espaço de tranquilidade e um convite ao convívio cotidiano. Esse ambiente ganhou vasos de pedra sabão em vários tamanhos que abrigam árvores, folhagens e até um bonsai. Esse espaço também reflete a enorme quantidade de verde presente na vizinhança. "Com a troca dos estofamentos e o uso de novas texturas, foi possível recombinar a mesma tipologia cromática de modo a garantir que este ambiente faça parte do living sem, no entanto, seguir exatamente o seu padrão decorativo", explica Revollo.

PARA INTEGRAR O AR CONDICIONADO À DECORAÇÃO, A MARCENARIA SERÁ SUA MAIOR ALIADA. CLIQUE AQUI.

MARCENARIA

A marcenaria também é um dos pontos altos deste apartamento. Segundo o arquiteto, os proprietários foram enfáticos quanto ao custo-benefício de um bom projeto de marcenaria desde o começo. Eles estavam dispostos a arcar com este custo desde que tivessem a certeza da qualidade arquitetônica a ser ganha posteriormente. Na ala íntima, os closets e dormitórios foram redesenhados aos ensejos dos moradores, tudo com muita leveza. O projeto ganhou um desenho sutil e moderno, sem excessos ou peças pesadas. Nos seus 200 m² de área construída, este apartamento foi lapidado ao longo da reforma por projetos específicos de marcenaria, desenvolvidos especialmente para cada cômodo.

Fotos: Alain Brugier

apartamento-cumaru, apartamento, diego-revollo
O Sofá Uffizzi é da Micasa. Para ver mais projetos de Diego Revollo, clique AQUI.
apartamento-cumaru, apartamento, diego-revollo
No hall de entrada, no painel de marcenaria desenhado por Diego Revollo, escultura “Pendente” em madeira, Tounée Rosset e Luminária de chão “Pau de Luz”, de Alfio Lisi. Para ver mais projetos deste profissional, clique AQUI.
apartamento-cumaru, apartamento, diego-revollo
As Poltronas Adriana, clássicos do design brasileiro, são de Jorge Zalszupin.
apartamento-cumaru, apartamento, diego-revollo
Para recostar, poltrona e pufe Womb de Eero Saarinen.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM